População destrói acampamento de ciganos após assassinato na Bahia

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Sete casas, quatro barracos e um carro de um acampamento cigano foram incendiados e destruídos por moradores após o assassinato de um pintor de paredes, em Candeias, na Bahia. José da Paixão dos Santos, 43, foi assassinado na noite de ontem por dois ciganos da comunidade, que estão foragidos.

De acordo com a polícia, os ciganos foram à casa de José da Paixão em busca de seu filho, que havia se desentendido com um deles. Em meio a uma discussão, um dos ciganos sacou a arma e disparou três tiros, enquanto o outro deu uma facada na vítima, que caiu sem vida.

Na noite de ontem, por volta de 23h30, a paisagem era de destruição no acampamento dos ciganos. Havia focos de incêndio em quatro casas que foram completamente destruídas.

Para o capitão Joelson das Virgens, da Polícia Militar, a comunidade local aproveitou o momento para expulsar o grupo de ciganos do acampamento.

*Com informações do site 'A Tarde'

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos