Sobe para quatro o número de casos suspeitos de gripe suína no Brasil

Do UOL Notícias* Em São Paulo

Atualizada às 17h54

O Ministério da Saúde afirmou, nesta tarde, que são agora quatro os casos suspeitos de gripe suína entre humanos no país. Ontem, eram dois os casos considerados suspeitos.

Veja o Especial de Gripe Suína
Você está em alguma área afetada?


Segundo a nota, os quatro casos respondem aos critérios estabelecidos pelo ministério. Os pacientes estão sendo acompanhados em Minas Gerais (3) e São Paulo (1). Eles estão internados em hospitais de referência para tratamento da doença.

Além deles, outros 42 casos estão sendo investigados, em 12 Estados (veja tabela ao fim do texto). Em São Paulo, está o maior número deles, 14. Esses casos são de pessoas que estiveram em áreas afetadas e apresentaram alguns sintomas. Segundo o ministério, elas "não são consideradas suspeitas, porque não atendem à definição de caso suspeito preconizada pelo Ministério da Saúde".

Desde o informe de ontem, dois casos que vinham sendo acompanhados foram descartados: um em Minas Gerais e um em Mato Grosso do Sul. O caso de Mato Grosso do Sul foi descartado nesta quinta-feira (30/4).

No mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aumentou hoje o número oficial de casos confirmados da gripe suína para 257. No México, 12 mortes foram já, de forma confirmada, atribuídas à doença, e nos Estados Unidos, 1.

Classificação
Segundo o Ministério da Saúde, um caso suspeito é caracterizado por apresentar febre alta de maneira repentina (acima de 38ºC) e tosse, podendo estar acompanhadas de algum de dificuldade respiratória e dor de cabeça, musculares e nas articulações.

Além disto, é preciso que a pessoa tenha estado, necessariamente, nas áreas afetadas até dez dias antes de começar a ter os sintomas. Outra possibilidade é que a pessoa tenha tido contato próximo, neste período, com uma pessoa que seja um caso suspeito de influenza suína. Para o Ministério da Saúde, contato próximo é a pessoa que cuida, convive ou teve contato direto com secreções respiratórias ou fluidos corporais de um caso suspeito.

Até o momento, os países em que há casos suspeitos são México, Estados Unidos, Canadá, Espanha, Reino Unido, Nova Zelândia, Israel, Alemanha, Áustria, Suíça e Holanda.

Máscara descartável não é 100% eficaz, mas é suficiente para a maior parte das pessoas

Recomendações
Segundo o ministério, a pessoa que sentir algum dos sintomas e que tiver passado por áreas afetadas pela gripe suína deve procurar um serviço público de saúde.

No país, há 52 hospitais de referência (ao menos um por Estado) para tratar a doença. A automedicação, nestes casos, pode mascarar ou atenuar os sintomas da gripe suína, além de provocar resistência aos medicamentos recomendados para o tratamento da doença.

Total de casos no Brasil

EstadoMonitoradosCasos suspeitos *Confirmados **Descartados ***
Amazonas4000
Bahia3000
Ceará1000
Espírito Santo2000
Mato Grosso do Sul1001
Minas Gerais2301
Pará1000
Paraná4000
Rio de Janeiro4000
Rio Grande do Norte3000
Santa Catarina3000
São Paulo14100
Total42402
  • * Casos que preenchem definição (veja texto)
    ** Confirmados por meio de testes laboratorias
    *** Monitorados ou suspeitos que foram descartados por meio de testes laboratoriais

    Fonte: Ministério da Saúde

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos