Cheias de rios atingem mais da metade dos municípios do Amazonas

Do UOL Notícias*
Em São Paulo


As cheias dos rio Juruá, Solimões, Purus, Madeira e Negro já atingem 38 dos 62 municípios do Amazonas, afirmou ontem o secretário de Estado de Governo, José Melo. A situação é considerada mais crítica em Barreirinha e Anamã, onde as águas encobrem 90% das áreas, atingindo as zonas urbanas. As informações são do jornal 'Diário do Amazonas'.

De acordo com o secretário, as famílias dessas cidades estão sendo levadas para abrigos em terra firme. Além disso, "as prefeituras estão providenciando transporte para quem tem parentes em municípios menos afetados", disse.

O prefeito de Barreirinha, Mecias Batista, decretou situação de emergência na cidade, que contabiliza 1.450 famílias atingidas. Há cerca de mil pessoas nos abrigos da própria cidade, além de 480 deslocadas para os municípios de Boa Vista do Ramos e Parintins.

Melo afirmou ter visitado os municípios de Careiro da Várzea, Careiro Castanho e Itacoatiara na tarde de ontem. Em Itacoatiara, de acordo com ele, há um trecho da estrada que liga o município a Manaus, com águas a 20 cm de altura. "A situação é mais preocupante porque há rios que deveriam estar, ao menos, estabilizados, mas continuam enchendo", disse. Os gastos do governo do Estado com as cheias este ano devem chegar a R$ 10 milhões.

*Com informações do 'Diário do Amazonas'

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos