Anvisa reforça necessidade de prevenção contra gripe suína nos aeroportos

Luana Lourenço
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Agência Nacional de Vigilânia Sanitária (Anvisa) emitiu hoje (6) nota técnica reforçando medidas de prevenção a serem tomadas nos aeroportos do país para tentar barrar a entrada do vírus da gripe suína no Brasil. Em todo o país, o Ministério da Saúde registrou até agora 26 casos suspeitos e 15 em monitoramento.

Entre as recomendações da Anvisa está a verificação dos avisos sonoros emitidos nos aeroportos e aeronaves, que veiculam alertas para que os viajantes que apresentarem os sintomas da doença procurem o posto da vigilância sanitária.

A orientação vale para os passageiros com febre alta repentina (acima de 38 graus) e tosse, acompanhadas ou não de dores de cabeça, musculares, nas articulações e dificuldade respiratória.

A distribuição de material informativo nas áreas de embarque e desembarque e a presença de fiscais de vigilância sanitária para orientação dos viajantes também deverão ser reforçadas, segundo a Anvisa. O documento também detalha orientações para limpeza de aeronaves procedentes de voos internacionais.

Na nota técnica, a Anvisa também orienta o uso de equipamentos de proteção individual, principalmente máscaras, para funcionários da agência e da Receita Federal, Polícia Federal ou operadores que tenham contato direto com passageiros de voos internacionais. Se houver passageiro que se enquadre como caso suspeito ou em monitoramento, o uso de luvas, óculos e avental também é recomendado aos funcionários.

A Anvisa reiterou que, até o momento, não há confirmação da circulação do vírus da gripe suína no Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos