Governos investem em medidas para combater a seca no Sul

Da Agência Brasil

Temperaturas baixas chegam à região sul do país, mas não são suficientes para combater a seca em municípios de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os governos estaduais começam a adotar medidas de emergência para combater a estiagem.

Governo libera R$ 21 milhões para municípios atingidos pela seca

O Ministério da Integração Nacional, por meio da Sedec (Secretaria Nacional de Defesa Civil), liberou nesta semana R$ 21 milhões para o Programa Emergencial de Distribuição de Água, mais conhecido como operação carro-pipa, que abastecerá 503 municípios. Nenhum deles é da região Sul do país, atingida pela seca

No Rio Grande do Sul, a governadora do Estado faz vistoria hoje (7) nos 15 municípios que decretaram estado de emergência. Segundo a assessoria de imprensa do governo, medidas para o combate à estiagem estão sendo tomadas desde abril, como perfuração de poços artesianos e envio de caminhões-pipa para o afetados pela seca. Um total de 300 mil pessoas em 173 cidades do Rio Grande do Sul passam por dificuldades no abastecimento de água.

Em Santa Catarina, são 95 os municípios em situação de emergência. A população atingida pela seca soma mais de 1 milhão de pessoas - 18% da população total, segundo o governo do Estado.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Porto Alegre, a massa de ar fria que chegou à região Sul deve permanecer até o final de semana e pode causar chuvas rápidas em Santa Catarina, mas não nos municípios gaúchos.

No entanto, a possibilidades de chuvas virá na próxima segunda-feira (11), com uma forte frente fria. "Virá com umidade suficiente para ocasionar chuvas. Vai amenizar a situação, mas não irá suprir esse período de seca", afirma o meteorologista Gil Russo. A estiagem nos Estados do Sul começou no final do verão, mas alguns municípios de Santa Catarina sofrem com o clima seco desde outubro passado.

Enquanto as chuvas não caem na região, os governos dos Estados estão colocando em prática ações para amenizar a situação. Em Santa Catarina, o governo anunciou seis medidas emergenciais de combate à estiagem na última terça-feira (5) e irá repassar R$ 1 milhão para os 95 municípios da região que decretaram estado de emergência - o que dará R$ 10 mil para cada prefeitura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos