Número de mortos pelas chuvas sobe para 40

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

As notificações das coordenadorias estaduais de defesa civil, encaminhadas hoje para a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, indicam que, desde abril, 40 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingem os Estados do Norte e Nordeste, além de Santa Catarina. Hoje, foram confirmadas duas mortes em Alagoas e uma no Maranhão.

No total, as chuvas e enchentes já atingiram 1.150.900 pessoas e deixaram outras 201.146 desalojadas - aquelas que estão hospedadas com amigos ou familiares - e 102.587 desabrigadas - pessoas tiveram que deixar suas casas e foram encaminhadas para abrigos públicos. As mortes foram registradas nos Estados do Ceará (12 mortes), Maranhão (9), Bahia (7), Alagoas (6), Paraíba (2), Pernambuco (1), Sergipe (2) e Santa Catarina (1).

Os danos causados pelo excesso de chuva atingiram 362 municípios localizados em 13 Estados: Ceará, Maranhão, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia, Alagoas, Acre, Amazonas, Pará, Pernambuco, Santa Catarina e Sergipe. A Defesa Civil Nacional não considerou, no balanço, dois óbitos registrados pela Defesa Civil do Pará.

No Nordeste, o Maranhão é o Estado que têm o maior número de municípios atingidos (79), seguido pelo Ceará (78), Piauí (37), Paraíba (27), Rio Grande do Norte (18), Bahia (11), Pernambuco (9), Sergipe (8) e Alagoas (4).

Mais uma morte no MA
O Corpo de Bombeiros do Maranhão localizou na tarde desta terça-feira (12), em Trizidela do Vale, o corpo de uma mulher que estava desaparecida desde domingo. Ela era a segunda vítima que estava desaparecida desde o último domingo, depois de a canoa em que ela estava virar no rio Mearim, segundo a Defesa Civil Estadual. O corpo de um homem de 52 anos, que também estava na canoa, foi encontrado na tarde de segunda-feira. Ao todo, nove pessoas morreram no Estado desde abril em razão das chuvas.

Em apenas um dia o número de pessoas afetadas pelas enchentes no Maranhão subiu de 205 mil para quase 218.016. De acordo com a Defesa Civil do Estado, dos 217 municípios, 78 decretaram situação de emergência. São, no Estado, 78.533 pessoas desalojadas e desabrigados.

Situação nos Estados
No Ceará, são 283.200 pessoas atingidas pelas enchentes, enxurradas e desabamentos - destes, 24.074 estão desabrigados e 34.990 desalojados. As cheias dos açudes e dos rios ameaçam cidades inteiras do Estado. A situação é mais crítica no Vale do Jaguaribe, região onde está o rio que abastece o maior açude cearense, o Castanhão. Em Morada Nova, com a cheia do Rio Banabuiú, 21 pequenos açudes - a maioria construída irregularmente - romperam e, ontem, a água alagou a cidade. Os moradores tiveram de correr para tirar objetos de dentro dos imóveis.

Na Bahia, são 5.436 desalojados e 2.188 desabrigados. No Piauí e no Rio Grande do Norte, a chuva afetou a vida de 77.125 e 45.308 pessoas, respectivamente, e, na Paraíba, são 5.402 desalojados e 1.488 desabrigados.

Os 73 reservatórios de água (59,34%) da Paraíba estão sangrando, isto é, com quantidade de água maior do que sua capacidade. Outros 46 (37,39%) estão com a capacidade armazenada maior do que 20% do volume total. Outros três açudes estão em observação (com menos de 20% do volume total) e somente um em situação crítica (o reservatório do município de Puxinanã, que tem menos de 20% do volume total).

Em Pernambuco são 46.228 pessoas afetadas pelo desastre natural. Em Sergipe a chuva causou transtorno à vida de 14.920 pessoas, em Alagoas, 3.461 foram afetados.

Sertão fica sem luz
Depois de 12 dias de trégua, as chuvas voltaram a castigar o Estado de Alagoas na manhã desta quarta-feira (13) e fizeram mais duas vítimas. Na madrugada, duas crianças - de quatro e seis anos - morreram soterradas no município de Barra de São Miguel, a 42 km de Maceió. Além das mortes, três pessoas também ficaram feridas por conta do deslizamento e foram socorridas pelas equipes de resgate. Com isso, subiu para seis o número de mortes em Alagoas no mês de maio. No dia 1º, quatro óbitos foram registrados: três em Maceió e um em Coqueiro Seco, na região metropolitana da Capital.

Todos os municípios do sertão de Alagoas ficaram sem energia elétrica entre 5h e 8h da manhã desta quarta-feira, de acordo com levantamento da Companhia Energética de Alagoas. Foram atingidos Santana do Ipanema, Dois Riachos, Cacimbinhas, Poço da Trincheiras, Maravilha, Ouro Branco e adjacências.

Manaus decreta situação de emergência
Na região Norte, é no Estado do Amazonas onde se encontra o maior número de municípios atingidos (44) com 43.205 pessoas desalojadas e 8.649 desabrigadas. No Estado do Pará são 35 municípios atingidos e 170.095 pessoas afetadas direta ou indiretamente pela chuva. No Acre, existem 2.105 desabrigados e 1.695 desalojados, em dois municípios atingidos.

A prefeitura de Manaus publicou hoje no Diário Oficial do Município o decreto de situação de emergência na capital amazonense. A medida retira da prefeitura a obrigação de realizar licitações para compra de material de ajuda aos atingidos pelo que pode ser a terceira maior cheia dos últimos 50 anos no Amazonas, segundo prevê o Serviço Geológico do Brasil. A Defesa Civil municipal estima que 18 mil pessoas serão diretamente afetadas pela enchente no município este ano, com mais de 3 mil casas totalmente alagadas.

Em boletim divulgado nesta tarde, a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, alertou às defesas civis do Acre, Rondônia, Amazonas, Pará, Tocantins, Roraima, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Mato Grosso para a ocorrência de fortes pancadas de chuvas que devem cair sobre os Estados entre hoje e amanhã.

As doações para o Nordeste podem ser feitas nas seguintes contas correntes:

Cruz Vermelha (para todos o atingidos do Nordeste)
Unibanco
Agência 0472
Conta 235.000-8

Defesa Civil do Piauí
Banco do Brasil
Agência 3791-5
Conta 2004-4

Ceará / Campanha Força Solidária
Caixa Econômica Federal
Agência 3281
Operação 003
Conta 300-1

Banco do Brasil
Agência 3515-7
Conta corrente 11024-8

Banco do Nordeste do Brasil
Agência 016
Conta corrente 29393-8

SOS Maranhão
Caixa Econômica Federal
Agência 0027
Conta corrente 1000-2
Operação 006

Banco do Brasil
Agência 2954-8
Conta corrente 2222-5

*Com informações da Agência Estado e do portal Alagoas 24 Horas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos