Chuva ainda deixa quase 380 mil pessoas fora de suas casas em 12 Estados

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Vista aérea do município de Barreirinha (AM) completamente inundado pela cheia do Rio Amazonas, nesta sexta-feira. Um bebê de onze meses morreu afogado na cidade, ontem (21), arrastado pela correnteza

De acordo com os números divulgados nesta sexta-feira-feira (22) pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, os desastres provocados por fortes chuvas e enchentes das últimas semanas ainda deixam 257.802 pessoas desalojadas (que foram colocadas em abrigos públicos) e 122.126 desabrigadas (transferidas para as casas de amigos e parentes) em 12 Estados.

Segundo informações notificadas pelas defesas civis estaduais, 45 pessoas morreram por causa dos desastres em oito Estados: Ceará (15), Maranhão (10), Bahia (7), Alagoas (7), Paraíba (2), Sergipe (2), Pernambuco (1) e Santa Catarina (1).

Os danos causados pelo excesso de chuva atingiram 412 municípios localizados em 12 Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Amazonas, Pará e Santa Catarina.

No Nordeste, o Maranhão atualmente é o Estado que tem o maior número de municípios atingidos (95), seguidos pelo Ceará (82), Piauí (41), Rio Grande do Norte (30), Paraíba (30), Pernambuco (15), Bahia (11), Sergipe (8) e Alagoas (5).

No Maranhão, existem 76.840 desalojados e 44.070 estão desabrigados. No Ceará, são 38.593 desalojados e 26.494 desabrigados. Na Bahia, o número de pessoas desalojadas chega a 5.436 e de desabrigados, 2.188.

Chuvas continuam fortes no Norte e Nordeste

No Piauí e no Rio Grande do Norte, foram registrados 91.634 e 9.142, respectivamente, entre desabrigados e desalojados. Na Paraíba, são 5.762 desalojados e 1.488 desabrigados.

Em Pernambuco, existem 1.145 pessoas que estão desabrigadas ou desalojadas. Em Sergipe, a chuva deixou 572 desabrigados e 246 desalojados. Em Alagoas, 546 ficaram desalojados e 449, desabrigados.

Na região Norte, o Amazonas possui o maior número de municípios atingidos, 50, com 55.162 pessoas desalojadas e 10.336 desabrigadas. No Estado do Pará, são 35 municípios atingidos pela chuva com 6.275 desabrigados.

Em Santa Catarina, seis meses depois da forte enchente que causou mais de 130 mortes no final do ano passado, o Estado novamente tem danos causados pelas chuvas deste mês de maio, que já atingiram 10 municípios e um total de 3.550 pessoas, deixando 3.333 desalojados e 217 desabrigados, segundo balanços atualizados nesta sexta. Entre novembro e dezembro do ano passado, 63 municípios catarinenses decretaram estado de emergência, depois que 1,5 milhão de pessoas foram atingidas pelas cheias. Quase 80 mil pessoas ficaram desabrigadas ou desalojadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos