Defesa Civil retoma buscas de desaparecidos por causa de rompimento de barragem no Piauí

Edgard Tavares
Da Rádio Nacional
Em Brasília

A Defesa Civil do Piauí informou que foram retomadas neste domingo (31) as buscas a duas crianças - uma de 6 anos e outra de 1 ano e 3 meses - ainda desaparecidas no município de Cocal, no norte do Estado, após terem sido arrastadas pelas águas da Barragem Algodões 1, que rompeu no dia 27.

Os trabalhos de busca aos desaparecidos e de assistência aos sobreviventes da tragédia, que têm sua base em Cocal, recomeçaram com três dos quatro helicópteros que até ontem (30) transportavam as equipes de assistência, mantimentos e remédios. Dois aparelhos apresentaram defeito, mas um helicóptero de grande porte da Força Aérea chegou para reforçar o atendimento às vítimas.

Após o rompimento da barragem de Algodões 1, liberando 50 milhões de metros cúbicos de água, e o imediato alagamento das cidades de Cocal da Estação, Cocal dos Alves e Buriti dos Lopes, a maior preocupação das autoridades, agora, além da assistência às famílias atingidas pelas águas, é com a contaminação do rio Pirangi.

Mais de 2.000 animais mortos apodrecem nas margens do rio e podem contaminar a água provocando doenças na população ribeirinha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos