Polícia Federal procura traficantes ligados a Fernandinho Beira-Mar

Gilberto Costa
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (16) 21 mandados de prisão contra uma quadrilha de traficantes de cocaína que atuava em Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai. A organização vendia a droga em São Paulo, Minas Gerais, no Paraná e em Mato Grosso.

Conforme nota divulgada pela PF sobre a chamada Operação Saisine, a cocaína era transportada de avião da região de Cáceres, em Mato Grosso, até a divisa sul-mato-grossense, que servia de entreposto. Daí em diante, seguia por via terrestre aos grandes centros de consumo, como São Paulo, Atibaia (SP), Curitiba e Juiz de Fora (MG).

De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha tem conexões com Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar. Até o começo do ano, quem comandava a organização era o traficante José Elias Fernandes do Amaral, conhecido como Bagual, braço direito de Beira-Mar. Bagual, assassinado em janeiro, era um dos principais fornecedores de cocaína na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Além dos mandados de prisão, há 27 de busca e apreensão nas cidades de Caarapó, Dourados, Naviraí e Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul; Cáceres, em Mato Grosso; Atibaia e Socorro, em São Paulo, e Curitiba. Durante as investigações, foram apreendidos mais de 100 quilos de cocaína.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos