Aumenta número de postos do INSS com atendimento parcial no Rio

Flávia Villela
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

Vários agências da Previdência Social que abriram normalmente ontem (16), primeiro dia da greve de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), funcionaram parcialmente hoje (17) no Rio de Janeiro. As unidades da Marechal Floriano, no centro, de Copacabana, Botafogo e Cosme Velho, na zona Sul, e de Caxias, na Baixada Fluminense, entre outras, aderiram à greve somente neste segundo dia de paralisação.

Após uma assembléia realizada na noite de ontem, os servidores decidiram manter a greve sem previsão de término. Apenas as perícias médicas agendadas estão sendo feitas nos postos. Ainda não foi marcada uma reunião entre o sindicato e o governo para negociações.

O gerente regional do INSS no Rio, em Minas Gerais e no Espírito Santo, Manoel Lessa, informou que, das 91 unidades do Estado, apenas seis não abriram, sete funcionaram parcialmente e 78 atenderam normalmente.

"O instituto vem trabalhando no sentido de garantir a data de agendamento do segurado, mesmo nessas agências que estão parcial ou totalmente fechadas. Além disso, a presidência [do INSS] e o governo estão aguardando que o sindicato manifeste o interesse de negociar".

Para obter informações sobre locais de atendimento e serviços que estão sendo realizados, a população deve ligar para o número 135. Segundo o INSS, a adesão à greve foi de pouco mais de 7% entre cerca de 5 mil servidores do Rio, de Minas e do Espírito Santo.

O Sindicato dos Trabalhadores da Previdência (Sindsprev-RJ) contesta os números do instituto. De acordo com a entidade, 70% dos servidores no Estado paralisaram as atividades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos