PF faz operação contra quadrilha acusada de fraudar a Previdência em R$ 5 milhões

Daniel Mello
Da Agência Brasil
Em São Paulo

A Polícia Federal em Campinas deflagrou hoje (23) a Operação El Cid para reprimir uma organização criminosa acusada de ter fraudado o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em R$ 5 milhões.

A ação pretende cumprir 24 mandados de busca e apreensão, e 16 de prisão em seis municípios paulistas: Campinas, Indaiatuba, Hortolândia, Sumaré, Várzea Paulista e Franco da Rocha.

No total, 115 policiais federais e dez servidores do INSS participam da operação.

De acordo com a polícia, os criminosos usavam declarações eletrônicas falsas para incluir o nomes de pessoas aliciadas pelo esquema no cadastro do INSS, além de alterar o tempo de contribuição e os valores pagos de segurados envolvidos.

Após as fraudes, eram requeridos benefícios previdenciários para os aliciados, em geral auxílio-doença com a apresentação de atestados médicos falsos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos