Temporão recomenda evitar viagens para outros países da América do Sul

Do UOL Notícias* Em São Paulo

Atualizada às 14h44

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, recomendou que sejam adiadas as viagens para países com risco de contaminação pela gripe suína, entre eles Argentina e Chile. Mais cedo, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo recomendou que viagens para a América do Sul sejam evitadas.

A recomendação - e não proibição, ressaltou o ministro - vale em especial para pessoas com 60 anos ou mais, crianças com até dois anos e pessoas com baixa imunidade.

O ministro falou na tarde desta terça-feira, durante a inauguração de um novo prédio do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A medida que São Paulo tomou foi de comum acordo com o Ministério da Saúde. Além das medidas já anunciadas, iremos informar ainda hoje medidas adicionais", disse Temporão.

Temporão também afirmou que o Brasil só deverá contar com uma vacina contra o vírus da gripe no inverno de 2010. Ele disse que três grandes laboratórios trabalham no desenvolvimento da vacina, que deve estar disponível no hemisfério Norte no inverno deste ano, a partir de outubro.

Um balanço da secretaria de Saúde de São Paulo aponta que 40% dos 116 casos de gripe A (H1N1) registrados no Estado até o dia 22 junho foram de pacientes que se infectaram durante viagem para a Argentina. Outros 15,5% dos pacientes adquiriram a doença nos Estados Unidos. O Chile responde por 5,1% dos casos da gripe entre os paulistas, e o Canadá, por 2,5%. Os demais países apontados como locais prováveis de infecção foram França, Inglaterra, México e Uruguai.

São Gabriel (RS) decreta situação de emergência

A suspeita de que o vírus da gripe suína esteja circulando entre a população levou a prefeitura do município gaúcho a decretar situação de emergência

Atualmente, São Paulo registra 149 casos confirmados de influenza A e há outros 69 pacientes sob suspeita de terem contraído o vírus. É o Estado com o maior número de casos da doença. De ontem para hoje, a secretaria registrou 39 novos casos, que ainda não estão contabilizados no último levantamento do Ministério da Saúde, que aponta 240 casos no país.

O colégio Anglo Cassiano Ricardo, em Taubaté (140 km de São Paulo), suspendeu as aulas nesta terça-feira, após um aluno do ensino médio ser diagnóstico positivo para gripe suína. A unidade da Unesp (Universidade Estadual Paulista) em Assis (434 km de São Paulo) também suspendeu as aulas para evitar o espalhamento da doença e três colégios de São Paulo, Palmares, Magno e Pueri Domus, anteciparam as férias de julho.

Novas medidas
Ontem, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anunciou que vai reforçar os controles de vigilância dos passageiros que chegarem ao Brasil procedentes de Argentina, Paraguai ou Uruguai para conter a expansão da gripe suína.

Todos os passageiros procedentes de um dos países do Mercosul deverão preencher uma Declaração de Saúde do Viajante, um formulário harmonizado em todos os países do bloco e que permitirá "um acompanhamento mais rápido" da doença, segundo um comunicado divulgado pelo órgão.



*Com informações da 'Folha Online'

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos