Casos de gripe suína chegam a 399 no Brasil; ministério recomenda não viajar a seis países

Do UOL Notícias Em São Paulo

Atualizado às 22h11

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (24) que foram detectados 65 novos casos de gripe suína no país, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Bahia e Pernambuco. Novamente, o maior número de novos casos foi encontrado em São Paulo (26).

O total de casos confirmados da doença no Brasil chega a 399. Dois pacientes do Rio Grande do Sul que foram infectados no exterior estão internados.

Segundo o ministério, há ainda 310 casos suspeitos do vírus A (H1N1), que passam por análise laboratorial. Outros 677 casos foram descartados.

Recomendação se estende a outros países
Nesta quarta-feira, o governo federal recomendou aos brasileiros que evitem viajar para Argentina, Chile, Estados Unidos, México, Canadá e Austrália.

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), estes países têm transmissão sustentada. O ministério ressalta que "não há proibição nem restrição de trânsito de pessoas entre o Brasil e esses países" e acrescenta que "a recomendação é uma medida adicional de prevenção, tendo como base critérios epidemiológicos e o aumento, com a proximidade das férias de inverno, da circulação de turistas brasileiros em países com transmissão sustentada da doença".

Agências de turismo estão em alerta com as recomendações, temendo que a notícia de um novo surto da gripe suína pouco antes do período de alta temporada nestes países cause prejuízos grandes.

De acordo com informação da OMS, os EUA aparecem em primeiro lugar na lista dos países mais afetados pela doença (21.449 casos confirmados), seguido por México (7.847), Canadá (6.457), Chile (5.186) e Austrália (2.857). A Argentina aparece em sétimo lugar na listagem, com 1.294 casos.

Segundo o Procon-SP, os consumidores que queiram cancelar ou mudar o destino de viagem neste momento poderão recorrer caso tenham que pagar multa às agências, já que deixar de viajar é uma recomendação do governo frente a um problema de saúde pública.

Sem aulas
Nesta quarta-feira, mais escolas em São Paulo mudaram seus calendários letivos por conta do aparecimento de novos casos da gripe suína.

No Rio de Janeiro, o tradicional colégio Santo Inácio, em Botafogo, zona sul, suspendeu as aulas de 5.000 alunos devido a três casos de gripe suína entre os estudantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos