Dois casos de gripe suína levam colégio Santo Inácio, no Rio, a suspender aulas

Da Agência JB*

O tradicional Colégio Santo Inácio, em Botafogo, na zona sul do Rio, suspendeu as aulas para cerca de 750 alunos devido a dois casos de gripe suína. Uma aluna do 1º ano do ensino médio e um adolescente do 9º ano do ensino fundamental contraíram o vírus da doença.

Além disso, uma aluna do 7º ano do ensino fundamental também apresentou os sintomas da nova gripe. Agora há pouco, na entrada do turno da tarde do colégio, crianças e adolescentes usavam máscaras temendo a transmissão do vírus.

Todos os alunos deverão ser mantidos em casa, de quarentena, até o dia 2 de julho. De acordo com informações do próprio colégio, a jovem teria contraído a doença depois de voltar de uma viagem aos Estados Unidos. O adolescente teria sido infectado depois de ter contato com um primo que voltou de viagem do exterior.

Mais escolas fechadas
A unidade de Santo Amaro, zona sul de São Paulo, da rede de escolas Cultura Inglesa suspendeu hoje (24) as aulas por uma semana depois da confirmação de que um dos alunos da instituição foi contaminado com o vírus. O menino de 14 anos viajou à Argentina no feriado de Corpus Christi, onde contraiu a doença.

De acordo com a escola, a medida foi tomada de forma preventiva uma vez que a Vigilância Sanitária informou que a paralisação das atividades escolares não era obrigatória.

Ontem, a confirmação de 12 casos da gripe A (H1N1) entre estudantes e uma professora levou a direção do colégio Marista Dom Silvério, um dos mais tradicionais de Belo Horizonte, a fechar as portas.

Em Taubaté, no interior de São Paulo, o colégio Anglo Cassiano Ricardo suspendeu as aulas nesta terça-feira, após um aluno do ensino médio ser diagnóstico positivo para gripe suína.

Também ontem, o campus de ciência e letras da Unesp (Universidade Estadual Paulista) em Assis (434 km de São Paulo) suspendeu as aulas até a próxima sexta-feira (26) porque duas alunas foram infectadas com a gripe suína.

Outras três escolas da capital paulista decidiram antecipar as férias dos alunos por causa da gripe suína. Na segunda-feira, o Colégio Palmares, localizado em Pinheiros (zona oeste), anunciou que as férias após um aluno da 8ª série ser contaminado com a doença em viagem realizada para a Argentina.

No domingo (21), o Colégio Magno, localizado no Jardim Marajoara (zona sul) anunciou a antecipação das férias após dois alunos apresentarem sintomas da gripe. Na sexta-feira (19), a escola Pueri Domus (zona sul) também já havia anunciado a antecipação do recesso escolar após dois alunos também apresentarem sintomas da doença.

*Com informações da 'Folha Online' e da Agência Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos