Presidente da OAB do Rio de Janeiro é ameaçado de morte

Da Agência JB

O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, está protegido por escolta armada depois de ser alertado pelo secretário de Segurança do Estado, José Mariano Beltrame, da existência de um plano para assassiná-lo. A informação chegou ao conhecimento da polícia no fim de maio, pelo Disque-Denúncia.

Segundo o secretário, os bandidos conheciam o endereço comercial e residencial de Wadih, o trajeto que faz diariamente e o carro que usa para levá-lo para a sede da seccional.

Esta semana um dos seguranças contratados para proteger Wadih teria anotado o número da placa de um carro que seguia o presidente da Ordem logo após ele deixar o escritório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos