PF prende sete em operação contra fraude no INSS

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 16h49
A Polícia Federal de Uberlândia (MG) prendeu sete pessoas acusadas de integrar uma quadrilha que fraudava o INSS. Os presos prestam depoimento e depois serão encaminhados ao presídio Prof. Jacy de Assis

A quadrilha agia praticando fraudes em pedidos de auxílio doença e aposentadoria por invalidez em várias cidades do Brasil. Após conseguir atestados falsos com médicos particulares, o grupo entrava com o pedido de benefício na autarquia, marcando perícias para seus clientes.

Os "pacientes" eram orientados a se comportarem como pessoas esquizofrênicas, fazendo uso até mesmo de medicamentos que sugeriam perturbação mental.

De acordo com Júlio César Bortolato, chefe da delegacia de Policia Federal de Uberlândia, entre os presos está um médico e a principal articuladora do esquema, que cobrava para conseguir os falsos atestados. Seu marido, em cuja conta-corrente o dinheiro era depositado, também foi preso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos