Governo do RS descarta que norte-americano tenha morrido devido à gripe suína

Do UOL Notícias Em São Paulo

A Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul informou nesta terça-feira (30) que o paciente norte-americano morto no município de Montenegro, no último dia 26, suspeito de ser vítima da gripe A (H1N1), não tinha a doença. Segundo o governo estadual, exames comprovaram que o engenheiro mecânico não estava com o vírus. A causa da morte não foi divulgada.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, já havia afirmado que exames preliminares não apontavam a gripe suína como causa da morte, mas o resultado só foi de fato confirmado após a realização de novos exames.

O engenheiro chegou ao Rio Grande do Sul no dia 21 de junho e foi internado no hospital do município na noite do dia 24, quando entrou em estado de coma. Ele apresentava quadro de febre, era diabético e tinha hipertensão.

O Brasil registra até o momento 680 casos confirmados da gripe. A primeira, e única, vítima fatal do vírus no país morreu no último domingo, em Passo Fundo (RS).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos