Município que decretou situação de emergência por causa de gripe suína retoma aulas

Paula Laboissière
Da Agência Brasil
Em Brasília

As escolas da cidade de São Gabriel, no interior do Rio Grande do Sul, retomam hoje (30) as aulas que haviam sido suspensas por causa dos 35 casos confirmados de influenza A (H1N1) - gripe suína. O município foi o primeiro no país a decretar situação de emergência devido ao número de pessoas infectadas, e as escolas ficaram fechadas por um período de dez dias.

Ontem (29), as secretarias de Saúde e de Educação de São Gabriel realizaram uma reunião com todos os diretores das redes de ensino municipal, estadual, federal e de escolas particulares. O objetivo, de acordo com nota divulgada pela prefeitura, foi estabelecer medidas de prevenção diante da possibilidade de transmissão do vírus.

Já a Escola de Ensino Médio da Universidade da Região de Campanha (Urcamp) optou por permanecer fechada por mais uma semana. Segundo o pró-reitor da instituição, Rudnei de Oliveira, o local passou por um processo de desinfecção e os alunos realizam as tarefas escolares em casa.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Saúde do município, continuam suspensos o funcionamento de boates, a realização de shows e de bailes e qualquer tipo de aglomeração de pessoas em locais fechados. Apenas a realização de cultos religiosos está liberada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos