Justiça do Rio condena supermercado por acusar clientes de furto

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Tribunal de Justiça do Rio condenou o supermercado Sendas a indenizar por danos morais mãe e filha que foram indevidamente acusadas de furto no interior de uma loja da rede. Cada uma deverá receber R$ 15 mil.

Segundo informações do TJ, a mulher e a jovem, que tinha 12 anos na época, foram abordadas de forma grosseira por um segurança do supermercado sob a alegação de que haviam cometido furto dentro do estabelecimento.

Elas foram levadas a um depósito e passaram por revista íntima, mas a acusação não foi confirmada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos