Operação da Receita Federal combate fraude em importação de luxo em área nobre de SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 11h32

A Receita Federal, com apoio da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, iniciou nesta terça-feira (14) a Operação Porto Europa, para combater um esquema de importação fraudulenta de artigos de luxo.

Segundo a assessoria de imprensa da Receita, a ação, que acontece em duas residências, duas lojas de decoração do Jardim Europa e 2 escritórios de contabilidade, busca apreender provas contra "um destacado grupo empresarial paulistano". Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de São Paulo (SP).

A organização, acusada de crimes de descaminho, sonegação fiscal e falsidade ideológica, vinha sendo investigada há um ano e a Receita acredita que o grupo usou laranjas e práticas de subfaturamento nas importações entre 2004 e 2006.

O esquema consistiria em substituir nos documentos de importação os reais importadores e fornecedores por tradings brasileiras e empresas exportadoras de fachada sediadas em Miami.

Duas exportadoras foram descobertas sediadas no mesmo endereço em Miami, nos Estados Unidos. Uma simulava a aquisição dos reais fornecedores e a outra se encarregava de remeter as mesmas mercadorias ao Brasil com valores, em média, a 30% dos valores originais. As faturas falsas eram apresentadas à Receita durante a importação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos