Dono do Bahamas é preso novamente em SP

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

O empresário Oscar Maroni, dono da boate Bahamas, foi preso novamente nesta quarta-feira (15), em São Paulo, acusado de ameaçar sua ex-companheira.
  • 14.ago.2007 - Sergio Alberti/Folha Imagem

    Oscar Maroni havia sido preso no último dia 30 depois de uma audiência no fórum da Barra Funda, zona oeste da capital


Maroni havia sido preso no último dia 30 depois de uma audiência no fórum da Barra Funda, zona oeste da capital, sobre o processo que responde por acusação de manter uma casa de prostituição, favorecimento à prostituição, tráfico interno de pessoas e formação de quadrilha. Ele foi liberado no dia 7 de julho com um habeas corpus.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de SP, a prisão de hoje foi pedida por ameaças durante um processo no Ministério Público. Ele foi autuado em flagrante e levado para o Setor de Investigações Gerais (SIG) da 2ª Seccional.

Maroni chegou a ficar preso pouco mais de um mês em 2007 sob a acusação de favorecimento e exploração da prostituição, formação de quadrilha e tráfico de pessoas depois da realização do concurso Miss Garota de Programa.

A boate Bahamas foi interditada pela prefeitura em julho de 2007. No mesmo mês, a prefeitura também lacrou o hotel do empresário, alegando que o projeto e o fim comercial do edifício não condiziam com os documentos aprovados para a obra. O hotel chamou a atenção logo após o acidente com o avião da TAM, perto do aeroporto de Congonhas, zona sul da SP, já que ele estaria perto da rota das aeronaves.

A reportagem do UOL Notícias não conseguiu localizar o advogado do empresário.

* Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos