Sabesp diz que plano de limpeza de córregos depende da população

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A prefeitura anunciou a despoluição de 42 córregos no município de São Paulo, em parceria com o governo do Estado, mas para a Sabesp o sucesso da ação "depende diretamente da parceria com a população", como afirmou em comunicado.

LIXO, ESTERCO E VENTILADOR

"Sem a conscientização dos munícipes em preservar esses importantes cursos d'água, todo o trabalho e os investimentos feitos ficam comprometidos", escreveu a assessoria de imprensa da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.

O UOL Notícias publicou nesta semana reportagem em que aponta que dois dos córregos anunciados como parcialmente despoluídos apresentam lixo e água turva. A população vizinha ao córrego Caxingui, na região do Morumbi, se queixou da água que apresenta espuma de sabão. Já o córrego do Sapé, na área do Rio Pequeno (zona Oeste) tinha água turva e lixo.

A Sabesp afirma que nos dois locais aprimorou o sistema de coleta de esgotos, ampliando as redes existentes, eliminando os lançamentos clandestinos e aumentando o volume de esgotos encaminhados para tratamento.

Segundo a empresa, no córrego Caxingui não há esgoto no curso de água, considerada despoluída, mas que em visitas técnicas de rotina, apresentou resíduos de reforma e pintura de imóveis, água proveniente de máquina de lavar, "cujo descarte deve ser evitado pelos moradores locais", aconselha a Sabesp, que afirma fazer inspeções contínuas na região, orientando moradores e identificando os imóveis poluidores para notificação da prefeitura.

Para a companhia de abastecimento, o sistema coletor no córrego Nascente do Sapé, opera normalmente e a qualidade da água apresentou melhoras significativas no trecho que está sendo despoluído. A Sabesp, porém, afirma que, apesar dos esforços, vem ocorrendo uma queda na qualidade da água causada pela grande quantidade de lixo e detritos jogados no local.

Também foi detectado na região um lançamento de esgotos provenientes de um assentamento irregular, cuja solução está sendo discutida entre a Sabesp e a prefeitura.

Nos dois córregos foram realizados pela Prefeitura serviços de manutenção e limpeza, incluindo corte de mato, poda de árvores, desassoreamento e limpeza do córrego (leito e margens), retirada de entulho, limpeza dos ramais e galerias de águas pluviais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos