Santa Maria (RS) vive dia de apreensão com mortes por gripe suína

Flávio Ilha Do UOL Notícias Em Porto Alegre

A cidade de Santa Maria, a 286 quilômetros de Porto Alegre (RS), viveu um dia de medo nesta sexta-feira (17), depois que duas mortes por gripe suína foram confirmadas no Hospital Universitário (HUSM). A prefeitura criou um grupo de prevenção e controle para enfrentar a epidemia, mas descartou a possibilidade de decretar estado de emergência em função do aumento dos casos.

"Estamos todos preocupados, mas não de forma alarmista", reconheceu o prefeito César Schirmer (PMDB). Entre as medidas estudadas pelo grupo está a criação de salas específicas para acompanhamento aos casos suspeitos nos Pronto-Atendimentos e Unidades de Saúde da cidade e reforço na capacidade hospitalar.
  • Divulgação/Prefeitura de Santa Maria

    Com duas mortes confirmadas pela gripe, Prefeitura de Santa Maria faz campanha de conscientização



A médica infectologista do centro de vigilância do Estado, Alethea Sperb, acompanha a evolução da doença no município. Segundo ela, já estava previsto um aumento expressivo no número de casos desde que os primeiros doentes foram confirmados. Agora, de acordo com a médica, já está caracterizada a fase de transmissão sustentada da doença - o que indica a circulação do vírus na cidade.

"A situação epidêmica é dinâmica", justificou. Ela disse, entretanto, que na maioria dos pacientes a doença vai evoluir de forma leve ou moderada. A cura, segundo Alethea, deve ser "rápida e espontânea" em grande parte dos casos. "Como é muito comum o aumento do número de pessoas gripadas nesta época do ano, haverá uma sobreposição da gripe comum com a gripe suína", disse.

No Hospital Universitário, onde um funcionário morreu em decorrência da gripe, o clima entre os 1.200 funcionários é de tensão. Eles se reuniram com a direção para traçar metas de controle da doença. "É claro que pintou um clima de pavorzinho entre nós", disse uma enfermeira que não quis se identificar.

Mais de 150 servidores correram ao auditório do HUSM para a reunião. Os funcionários que apresentarem sintomas de gripe foram orientados a usar máscaras de proteção quando estiverem em ambientes fechados ou em locais com aglomeração de pessoas, dentro ou fora do Hospital. Os servidores de portaria e os ascensoristas, por outro lado, devem a usar máscara em tempo integral.

A direção do HUSM também decidiu cancelar a realização de três cursos internos, previstos para a próxima semana, como forma de combater a epidemia. O infectologista Fábio Lopes Pedro, que acompanha os casos suspeitos no Hospital, disse que outra morte causada por insuficiência respiratória no dia 14 pode estar associada à gripe suína.

Desde a quinta-feira (16), quatro pacientes foram internados com sintomas agudos da gripe. Um quinto paciente está internado desde o dia 14, enquanto a primeira infectada - uma adolescente de 14 anos que contraiu a doença na Argentina - segue em tratamento na UTI do Hospital, mas sem correr risco de morte.

Nas ruas de Santa Maria, o clima também é de apreensão. O Colégio Estadual Manoel Ribas, maior da cidade, decidiu antecipar as férias de inverno - que começariam apenas na quinta-feira (23) - porque 80 alunos estão em isolamento com sintomas da doença. Além disso, um professor que viaja constantemente à região da fronteira com a Argentina apresenta sintomas de gripe.

A coordenadoria regional de Educação determinou que a escola volte a funcionar, mas a direção do estabelecimento anunciou que pelo menos três turmas deverão permanecer sem aulas em função de alunos estarem com sintomas da gripe suína.

A população passou a ser orientada sobre as formas de evitar o contágio. Folhetos começaram a ser distribuídos em escolas, prédios públicos e pré-vestibulares, entre outros de grande aglomeração. Nas unidades de saúde, a procura por orientação de pacientes com sintomas de gripe aumentou em 50% disse Clarissa Bochi, infectologista da prefeitura.

Os folhetos também estão sendo distribuídos em dois postos fixos - no calçadão do Centro da cidade e na rodoviária. Soldados da Brigada Militar e do Exército e policiais rodoviários farão a distribuição em vias urbanas e nos trevos de acesso ao município.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos