Juíza ordena soltura do empresário Oscar Maroni

Do UOL Notícias*
Em São Paulo


A juíza Maria Fernanda Belli, do Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária (Dipo), ordenou a soltura do empresário Oscar Maroni, dono da boate Bahamas, preso sob a acusação de ter ameaçado a sua ex-namorada, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

A decisão foi tomada após a defesa de Maroni pedir o relaxamento da prisão. O empresário, preso no 40º DP (Vila Santa Maria), em São Paulo, desde o último dia 15, deve ser solto ainda hoje.

Acusado pelo Ministério Público (MP) de favorecimento da prostituição, formação de quadrilha e tráfico interno de pessoas, o empresário, de 57 anos, foi detido na manhã do dia 15 após supostamente ameaçar sua ex-namorada, Vivian Milczewsky, que também acusa Maroni de rondar o prédio onde ela mora, na Vila Nova Conceição.

O empresário já havia ficado sete dias preso na mesma delegacia após a Justiça decretar sua prisão temporária. Na ocasião, o Ministério Público (MP) apresentou gravações à Justiça que comprometeriam Maroni. Em ligações telefônicas e conversas gravadas por uma ex-namorada, ele supostamente fala com uma garota de programa sobre os esquemas ilegais.

*Com informações da Agência Estado

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos