Ministério Público processa 38 pessoas por fraude contra a Caixa

Vitor Abdala
Da Agência Brasil

Ministério Público Federal entrou com ação civil pública e de improbidade administrativa contra 38 pessoas acusadas de fraudes na linha de financiamento para construção da Caixa Econômica Federal. Entre os acusados estão gerentes do banco e quatro empresas.

Segundo o Ministério Público, grande parte do esquema era realizada na agência do Leme, na zona sul do Rio, onde o gerente usava agenciadores para captar clientes, mesmo sabendo que essas pessoas não tinham poder aquisitivo para quitar as dívidas do empréstimo da linha Construcard. Para que o empréstimo fosse aprovado, o grupo usava declarações falsas para aumentar a renda dos clientes.

Dessa forma, vários contratos foram assinados e os recursos liberados de forma indevida pelo banco, gerando um prejuízo de cerca de R$ 880 mil para os cofres públicos, segundo o procurador da República Edson Abdon Filho.

A ação tramita na 27ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos