Ministério da Saúde reduz de 34 para 29 as mortes por gripe suína

Do UOL Notícias Em São Paulo

Mortes por Estado
São Paulo - 12
Rio Grande do Sul - 11
Rio de Janeiro - 5
Paraná - 1
Total - 29

O Ministério da Saúde corrigiu os números de pessoas que morreram por gripe suína - influenza A (H1N1). Por um erro técnico, foram computadas cinco mortes a mais no Rio Grande do Sul. Com isso, somam 29 os óbitos confirmados no Brasil pela doença até o dia 22 de julho, segundo o ministério.

Foram notificados desde abril 8.328 casos suspeitos de algum tipo de gripe no país, de acordo com o ministério. Cerca de 19% dos casos tiveram diagnóstico positivo para a influenza A (H1N1) e outros 6,34% (528 casos) tiveram diagnóstico para a influenza sazonal.

Os governos dos Estados com vítimas se reunirão na semana que vem com o Ministério da Saúde para discutir o possível adiamento do retorno às aulas nas redes pública e particular.

Seria uma alternativa para reduzir a possibilidade de contágio da nova gripe, que já ocorre de forma sustentada (quando o vírus circula no país e é transmitido por pessoas que não foram ao exterior nem tiveram contato com viajantes).

800 morreram no mundo, diz OMS
Quase 800 pessoas morreram até agora no mundo por causa do vírus da gripe suína, que já afeta 160 países, confirmou hoje o porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Gregory Hartl. Ele disse que os cientistas da OMS "não observaram, por enquanto, nenhuma mudança no comportamento do vírus", e que o principal problema é sua rápida propagação geográfica e, em certos países, sua concentração em grupos específicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos