RS tem maior taxa de mortalidade entre Estados com óbitos por gripe suína

Do UOL Notícias* Em São Paulo

MortesTaxa de mortalidade
São Paulo - 120,030
Rio Grande do Sul - 110,103
Rio de Janeiro - 50,032
Paraná - 10,009
Brasil - 290,015

A taxa de mortalidade entre pessoas infectadas pelo vírus da gripe suína (influenza A - H1N1) é maior no Rio Grande do Sul, entre os quatro Estados que registraram óbitos no Brasil. O Estado registrou oficialmente 11 mortes até agora, uma a menos que o Estado de São Paulo (12 mortes), mas a taxa de mortalidade no RS é de 0,103, mais de três vezes superior ao índice paulista (0,03). O Brasil tem 29 mortes confirmadas por gripe suína. Além das vítimas em SP e RS, houve 5 mortes no Rio de Janeiro e uma no Paraná.

A taxa de mortalidade é calculada com base na proporção de mortes entre cada grupo de 100 mil habitantes. No Brasil, segundo divulgou hoje o Ministério da Saúde, a taxa é de 0,015, mas, em se considerando somente as populações dos quatro Estados onde foram registradas mortes no país, a taxa mais do que dobra: vai para 0,038. O UOL Notícias fez o cálculo com base na população estimada dos quatro Estados no ano de 2007, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No Rio de Janeiro, a taxa de mortalidade é de 0,032. No Paraná, é de 0,009.

Hoje o ministério corrigiu os números da gripe no Brasil. Por um erro técnico, foram computadas cinco mortes a mais no Rio Grande do Sul.

No mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde, já são quase 800 mortos em 160 países.

Chile e Argentina têm as taxas de mortalidade mais altas hoje nas Américas. No Chile, ela é de 0,4 (68 mortes). Na Argentina, de 0,34 (137 mortes).

Nos Estados Unidos, país com o maior número de mortes por gripe suína (263), a taxa de mortalidade é de 0,08. Já no México, país em que o vírus começou a se espalhar e onde foram registradas 128 mortes, a taxa é de 0,11. Austrália e Canadá, com 37 e 50 mortes, respectivamente, possuem taxas de 0,17 e 0,15 mortes por gripe suína para cada 100 mil habitantes.



* Com informações de Piero Locatelli, em Brasília

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos