Rio de Janeiro abre mais 40 leitos para grávidas com suspeita de gripe suína

Vitor Abdala Da Agência Brasil

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira (28) que vai disponibilizar mais leitos para mulheres grávidas que apresentem sintomas de Influenza A (H1N1), gripe suína. Depois de reunião com representantes da comunidade médica, a secretaria decidiu internar qualquer gestante que tenha suspeita da nova gripe.

Os leitos ficarão no Hospital do Iaserj, no Centro da cidade, e no Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste do Rio. Em todo o estado, 55 grávidas estão internadas com suspeita de gripe suína. A morte de uma gestante de 29 anos, no dia 17 de julho, foi confirmada como sendo provocada pela doença.

Ontem (27), em Niterói, na Grande Rio, uma mulher grávida de 22 anos morreu, com suspeita de gripe suína, depois de ser internada no Hospital Universitário Antonio Pedro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos