Homem de 42 anos pode ser segunda vítima da gripe suína em Minas

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A gripe suína pode ser a causa de mais uma morte em Minas Gerais, segundo informações do jornal Diário da Tarde. Trata-se de homem de 42 anos, que morreu na última sexta-feira em Sete Lagoas. Com sintomas da doença, ele foi internado e não resistiu. Esse caso soma-se ao de uma mulher de 27 anos que estava internada com sintomas de gripe suína e morreu em Betim na segunda-feira.

O metalúrgico Elísio Eustáquio Machado morava em São Domingos da Prata, mas trabalhava em Sete Lagoas, onde foi internado com pneumonia dupla. Familiares informaram ao jornal Hoje em Dia que Machado era saudável e não tinha viajado ao exterior.

Nesta quarta-feira (29), foi feita coleta de material para identificar o vírus influenza A (H1N1). O resultado da análise, assim como o da jovem de Betim, deve sair na próxima semana.

O aumento do número de casos suspeitos em Minas, aliado às suspeitas de morte pelo vírus, fez crescer a procura por atendimento em hospitais dno Estado. "Na semana passada, atendíamos até 10 pacientes por dia. Nesta semana, estamos chegando a 30. Há equipes médicas que estão largando o serviço de madrugada", afirmou o diretor-geral do hospital Eduardo de Menezes, Paulo Sério Dias Araújo, ao Diário da Tarde. O hospital atende os moradores da região metropolitana de Belo Horizonte.

O diretor pediu à população que apresentar sintomas da gripe suína para ligar para o número 0800 283 2255 antes de se dirigir a um hospital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos