PF deflagra operação contra suposto esquema de contrabando

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 13h53

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagram nesta quarta-feira (29) a Operação Ártico, para desmantelar um grupo suspeito de contrabando de mercadorias por meio da criação de importadoras de fachada com a conivência de auditores fiscais. Foram expedidos 25 mandados de prisão e 56 mandados de busca e apreensão em 16 cidades nos Estados de São Paulo, Rondônia, Vitória e Mato Grosso.

As investigações, que correram na Justiça Federal em Jales e na Vara Especializada em Lavagem de Dinheiro da Justiça Federal em São Paulo, identificaram um esquema de contrabando e descaminho, sonegação fiscal e corrupção de servidores públicos.

Segundo informações da PF em Jales (SP), pelo menos quatro pessoas foram presas. Os auditores receberiam propina para registrar as empresas de fachada nos sistemas de controle do Comércio Exterior da Receita Federal. Assim, elas eram habilitadas no Sistema Radar/Siscomex para operar no ramo de comércio exterior.

Estas empresas teriam sido alugadas a proprietários de tradings em São Paulo, que as utilizariam para realizar importações de mercadorias estrangeiras ocultando os importadores efetivos. Os proprietários contariam com despachantes aduaneiros que realizariam o desembaraço das mercadorias e negociariam o pagamento de propina a fiscais lotados nestes setores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos