Verba da Eletrobrás para ONG de Fernando Sarney vai parar em empresas da família

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Mais uma denúncia contra o filho do senador José Sarney (PMDB-AP), Fernando Sarney, foi revelada nesta quinta-feira (30). De acordo com reportagem do jornal "O Globo", a ONG Instituto Mirante, presidida por Fernando, recebeu R$ 220 mil da Eletrobrás para financiar projetos culturais no Maranhão, com base na Lei Rouanet. Entretanto, R$ 116 mil foram parar em contas de empresas ligadas à família Sarney, segundo investigações da Polícia Federal.

O jornal informa ainda que auditores do Ministério da Cultura (MinC) descobriram que parte dos gastos declarados pela ONG não confere com os extratos bancários do instituto. Por causa dos problemas, a ONG já foi declarada inadimplente seis vezes.

O Instituto Mirante usou empresas da família para justificar mais da metade dos gastos. As notas fiscais foram emitidas pela TV Mirante - no valor de R$ 67 mil, a título de venda de publicidade para projetos -, pela rádio Mirante, que teria recebido R$ 7,2 mil, e pela Gráfica Escolar, no valor de R$ 6 mil. Entre os fornecedores estaria também a Associação dos Amigos do Bom Menino das Mercês, outra ONG da família suspeita de desviar recursos públicos.

"São os veículos líderes daqui. A questão ética eu apresentei ao ministério, mas eles disseram que não havia problema algum", afirmou ao jornal Diogo Adriano, ex-secretário-executivo do Instituto Mirante.

Onda de denúncias
A família Sarney enfrenta uma série de denúncias. Fernando Sarney já foi apontado como articulador de cargos públicos, principalmente na área de energia, além de atuar junto ao ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia para conseguir um cargo na Casa para o namorado da filha.

Já José Sarney enfrentará 11 denúncias que foram protocoladas no Conselho de Ética. Partidos e senadores pedem que sejam investigadas a omissão de uma propriedade de R$ 4 milhões, o desvio de R$ 500 mil da Fundação José Sarney, a edição de atos secretos que teriam beneficiado parentes e afilhados políticos, entre outras denúncias.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos