Chuva em Santa Catarina preocupa autoridades

Mylena Fiori
Da Agência Brasil
Em Brasília

A intensificação da chuva em Santa Catarina desde a última quinta-feira preocupa as autoridades locais. Ontem (31) à noite, o prefeito de Ilhota, no Vale do Itajaí, Ademar Felisky, chegou a decretar estado de emergência.

Na avaliação da Defesa Civil, a situação já está voltando à normalidade e o decreto pode ser cancelado a qualquer momento. Entre hoje e ontem, 14 famílias foram removidas de Ilhota e seis de Blumenau devido a deslizamentos e inundações que também atingiram as cidades de Brusque e Luis Alves.

De acordo com o diretor estadual de Defesa Civil, Márcio Luis Alves, a chuva está atingindo as mesmas regiões afetadas em novembro do ano passado. Na ocasião, o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) decretou situação de emergência por 180 dias. Em 20 de maio deste ano o governo do Estado editou novo decreto mantendo o estado de emergência.

"A prefeitura de Ilhota apenas reforçou o estado [de emergência], mas a Defesa Civil vistoriou a região e viu que não é o caso de estado de emergência", informou Alves. Segundo ele, há previsões de chuva para o final de tarde de hoje e para amanhã e a Defesa Civil permanecerá em Ilhota para o caso de a situação se agravar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos