Escolas do Distrito Federal recebem kits de higiene contra gripe suína

Mylena Fiori Da Agência Brasil Em Brasília

As aulas nas escolas públicas do Distrito Federal começam na próxima segunda-feira (3) e todos os 636 estabelecimentos de ensino estarão equipados com os produtos de higiene necessários para a prevenção da gripe suína: sabão líquido, gel alcoólico, termômetro, saboneteira para o gel e o sabão líquido e toalhas de papel.

"Isso já é rotina nas escolas. A novidade é o álcool gel", explica o secretário estadual de Educação, José Luiz Valente. "O material será distribuído enquanto a Saúde, via ministério, ou secretaria estadual do GDF [Governo do Distrito Federal] , entender que a gente vive uma situação de risco".

Hoje (1°), a Secretaria Estadual de Educação está distribuindo os kits de assepsia a 184 escolas que não receberam a segunda parcela do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira nem têm limpeza terceirizada. As 292 que receberam a parcela estão adquirindo o material por conta própria . Já as 224 que têm limpeza terceirizada, receberão da empresa contratada.

Todas as escolas, antes do início das aulas, devem afixar as saboneteiras nos banheiros ou próximas aos lavatórios e distribuir o álcool em gel nas salas dos professores e dos servidores.

De acordo com o secretário, as férias - que iriam até o dia 26 - foram prorrogadas em uma semana, não por risco de contaminação entre os alunos, mas para verificação da necessidade de material de higiene nas escolas e para capacitação dos professores sobre a influenza A (H1N1) - gripe suína.

"Procuramos passar bastante informação para os professores e uniformizar procedimentos. Ninguém vai dar diagnóstico nem fazer receituário. Identificando o problema, eles vão saber exatamente quem procurar, como procurar e quando procurar", esclareceu Valente. Segundo ele, quando for identificado que um aluno está com os sintomas da gripe A ele será isolado dos demais alunos, os pais serão chamados e serão orientados no sentido de encaminhar o aluno para um posto de saúde. Caso não seja possível localizar os pais, a própria escola levará o aluno para atendimento médico.

"Passamos uma semana de bastante trabalho e estamos 100% prontos para esperar os alunos na segunda-feira", garante o secretário de Educação. Todo o trabalho foi feito a partir de orientação da secretaria estadual de Saúde.

Outros estados afetados pela gripe A adiaram por mais tempo o retorno às aulas. São Paulo e Rio Grande do Sul decidiram adiar para o dia 17 de agosto. No Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Paraná, as aulas recomeçam no dia 10 de agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos