Pacientes lotam hospital de referência em BH para gripe suína; direção restringe atendimento

Rayder Bragon Especial para o UOL Notícias Em Belo Horizonte

O ambulatório do Hospital das Clínicas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), em Belo Horizonte, vai restringir a partir desta terça-feira (4) o atendimento à população e passará a receber apenas pessoas encaminhadas pelo disque-epidemiologia (0800-2832255), pelos postos de saúde ou por médicos particulares. Referência na capital mineira para casos da nova gripe, a unidade vinha registrando elevado número de atendimentos que não tinham relação com a doença.

Segundo a direção do hospital, o ambulatório com 70 leitos foi criado especialmente para atender casos suspeitos da nova gripe, mas muitas pessoas que procuram o posto sem indicação médica sobrecarregaram o serviço prestado.

A direção do hospital explicou que, por exemplo, no dia 29, foram atendidos 97 pacientes e apenas 12 foram identificados como suspeitos de gripe A. No dia seguinte, foram 75 atendimentos e novamente apenas 12 pessoas tiverem material colhido para análise laboratorial. E no dia 31, 85 pessoas passaram pelo ambulatório, sendo que 6 casos suspeitos foram notificados.

A decisão contou com respaldo da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Comitê recomenda evitar aglomeração de pessoas
O Comitê Estadual de Enfrentamento à Influenza A (H1N1), grupo criado para discutir ações de prevenção, desaconselhou nesta terça-feira a realização de eventos de grande porte em Minas Gerais.

Se os eventos não puderem ser cancelados, a orientação é para que os organizadores adotem medidas de prevenção, como fornecer álcool gel, afixar de cartazes com orientação ao público, distribuir panfletos e adotar avisos sonoros.

A gripe em Minas Gerais
Segundo nota divulgada nesta segunda-feira (3), Minas Gerais registra atualmente 162 casos confirmados da doença e 374 suspeitos. No entanto, até o momento, nenhuma morte foi registrada.

Três óbitos ocorridos em cidades mineiras (Betim, Sete Lagoas e Belo Horizonte) estão sendo investigados sob suspeita de terem sido causados pela gripe.

O Hospital das Clínicas da UFMG possui 18 leitos em enfermaria e 6 em ala de isolamento respiratório total, além de 8 vagas em CTI (6 adultos e 2 infantis), abertas nesta terça-feira.

Na cidade, ainda há o Hospital Eduardo de Menezes, que conta com 32 leitos em enfermaria.

Ao todo, 50 pessoas estão em isolamento hospitalar na capital, de acordo com dados da secretaria de saúde. No Estado, são mais 142 hospitais de referência, de pequeno e grande portes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos