Avião derrapa e interdita aeroporto de Confins por mais de quatro horas

Rodrigo Martins
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Um problema ocorrido no trem de pouso de uma aeronave da Ocean Air, às 21h10 da quarta-feira 5, assustou os passageiros e causou a interdição do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins (MG), por mais de quatro horas. De acordo com a assessoria de imprensa da companhia aérea, havia 79 passageiros e cinco tripulantes no vôo 6151, com destino ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Ninguém saiu ferido.

A assessoria de imprensa da Infraero informou que o voo foi abortado no meio da decolagem. Testemunhas afirmaram que os pneus dianteiros do Fokker 100 estouraram no momento da aceleração. A aeronave derrapou e máscaras de oxigênio caíram sobre os passageiros.

Após o acidente, o avião ficou atravessado na pista, o que levou à interrupção dos pousos e decolagens. Inicialmente, estava prevista a liberação do aeroporto até às 23 horas. Mas, duas horas e meia depois, o aeroporto continuava interditado, segundo a Infraero. Somente por volta das 2h30 uma funcionária do aeroporto confirmou que a pista já estava liberada e o aeroporto operava normalmente.

A assessoria de imprensa da Ocean Air afirmou não ter detalhes sobre o problema ocorrido no trem de pouso da aeronave e disse que as causas do acidente estão sendo investigadas. Além disso, esclareceu que todos os passageiros e tripulantes foram retirados da aeronave em segurança e levados para hotéis de Belo Horizonte. Aos passageiros, foi oferecida a possibilidade de viajar pela manhã desta quinta-feira em outra aeronave da Ocean Air ou de embarcar em vôos de outras companhias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos