Município paulista de Nova Odessa confirma primeira morte por gripe suína

Marli Moreira Da Agência Brasil Em São Paulo

Um homem de 45 anos do município de Nova Odessa, no interior paulista, morreu na noite da última quarta-feira (5) por influenza A (H1N1) - gripe suína. Esse é o primeiro óbito pela doença registrado na cidade.

Segundo nota da prefeitura de Nova Odessa, no mesmo dia em que o doente morreu, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual de Sumaré, saiu o resultado dos exames laboratoriais do Instituto Adolfo Lutz com a confirmação de que se tratava de mais um caso de influenza A (H1N1) - gripe suína.

O comunicado informa ainda que o paciente havia sido internado, no último dia 28, no Hospital Estadual de Sumaré, depois de receber o primeiro atendimento no Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Nova Odessa, quando apresentava quadro da Doença Respiratória Aguda Grave (DRAG). Os parentes foram monitorados, mas nenhum deles apresentou os sintomas da influenza A (H1N1) - gripe suína - até ontem (6).

A cidade registrava cinco casos suspeitos da doença até o final da manhã de ontem (6), entre os quais o de uma menina de 9 anos que foi internada na UTI de um hospital de Campinas, cidade vizinha de Nova Odessa.

A Secretaria Estadual de Saúde ainda não atualizou o balanço de casos no estado. O último dado sobre as mortes foi divulgado, na última terça-feira (4), quando havia a informação de 50 óbitos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos