MST encerra marcha em São Paulo e faz ato no Pacaembu

Marli Moreira
Da Agência Brasil
Em São Paulo

A exemplo do que ocorre em outros pontos do país, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em São Paulo encerram hoje (10) a marcha pela Mobilização Nacional Contra Crise. Eles saíram de Campinas, a cerca de 100 quilômetros da capital paulista, na última sexta-feira (7), caminharam pelo acostamento da Via Anhanguera e já se aproximam do ponto final da manifestação, no ginásio esportivo do Estádio do Pacaembu, no bairro de Higienópolis.

O objetivo do ato é cobrar das autoridades a retomada das discussões em torno da reforma agrária. Segundo o MST, existem cerca de 3.500 famílias acampadas no Estado, aguardando o acesso à terra.

Na saída para a marcha, na última sexta-feira, uma das integrantes, Maria Cícera Nunes, morreu ao ser atropelada por um caminhão.

No sábado (8), o ato recebeu a adesão de representantes do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos