Governo gastou 9,2% do dinheiro destinado ao combate à gripe suína

Piero Locatelli
Do UOL Notícias
Em Brasília

O Governo Federal gastou menos de um décimo do dinheiro separado para o combate da Influenza A (H1N1) - a gripe suína -- no país.

No dia 20 de maio de 2009, foram anunciados R$ 129,5 milhões para a prevenção de uma pandemia do vírus -verbas liberadas através da Medida Provisória 463. Mas até o dia 3 agosto, somente R$ 11,9 milhões (ou 9,2%) haviam sido efetivamente gastos.

O Ministério da Saúde é o responsável pela maior parte do dinheiro (R$ 102,4 mi). Segundo a assessoria do ministério, a demora nos gastos ocorre porque "a execução dos recursos leva em conta os diferentes cenários e as necessidades geradas pelo comportamento da doença".

Em nota enviada ao UOL, o assessoria também afirma que tem feito "o uso racional e responsável dos recursos públicos, o que atende a recomendação da Organização Panamericana de Saúde (OPAS)".

A pasta ainda argumenta que a maior parte dos recursos já está comprometida com os gastos. Segundo dados do ministério, R$ 68 milhões estão empenhados - ou seja, já tem destino e objetivos certos, mas falta a efetiva prestação do serviço para que o governo pague o valor ao prestador.

O levantamento foi feito pelo DEM através do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal). O partido usará os dados em audiência pública que ocorrerá na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (11) com a presença do ministro José Gomes Temporão (Saúde).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos