Rondônia confirma primeira morte por gripe no Norte do Brasil

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O paciente Lucrecio Navarro Celino, 24 anos, morreu na segunda-feira (10) em decorrência da gripe A(H1N1). Os resultados dos exames, realizados no Instituto Adolfo Lutz, deram positivo. As informações são do "Rondoniagora".

Lucrécio esteve em Porto Velho, capital de Rondônia, e retornou a Alvorada do Oeste, no leste do Estado, já com sintomas.

Ele foi transferido para o Hospital Regional de Cacoal e depois ao Centro de Medicina Tropical (Cemetron), onde morreu.

Ontem o Comitê de Enfrentamento contra a gripe Influenza A de Rondônia informou que até o momento são vinte e cinco notificações da doença em Rondônia. Apenas o caso de Celino havia sido confirmado como nova gripe. Outros quatro foram descartados e os vinte restantes aguardam resultados que podem chegar ainda hoje.

Até o momento, oito pacientes estão internados no Cemetron, três são mulheres grávidas.

A Secretaria Estadual de Saúde anunciou a descentralização da medicação para os hospitais das regionais de Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Vilhena e Guajará-Mirim e informou que os casos suspeitos devem procurar as unidades municipais de saúde, onde serão diagnosticados e encaminhados para o Cemetron.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos