Hospital psiquiátrico de AL terá que explicar compra, sem licitação, de serra elétrica

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
Em Maceió

A Uncisal (Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas) vai investigar a compra de objetos inusitados pelo Hospital Portugal Ramalho, único hospital público na área de psiquiatria no Estado. Entre os itens estão uma serra elétrica, uma banheira inox e 25 lampiões a gás. As aquisições foram realizadas sem licitação, segundo relatório assinado por servidores do hospital. A denúncia foi encaminhada no início do mês à ouvidoria da Uncisal - responsável pela gestão do hospital - e a reitoria decidiu abrir sindicância para investigar as aquisições e outras denúncias de irregularidades.
  • Divulgação

    Subordinado à Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas, o Hospital Portugal Ramalho é o único hospital público na área de psiquiatria no Estado


A serra elétrica, por exemplo, teria custado R$ 2.100, enquanto a banheira teria saído por R$ 5.960. Já os candeeiros a gás foram adquiridos por R$ 2.450. Os servidores alegam que os equipamentos não têm uso justificado para aquisição. Já a diretoria do hospital afirma que todos os equipamentos foram comprados legalmente e são utilizados com frequência.

Além dos objetos inusitados, outras denúncias também serão apuradas. Segundo o documento, a direção terá que explicar supostas compras irregulares com dispensa de licitação e fragmentação de gastos para burlar concorrência pública.

O documento cita como exemplos os contratos de manutenção com empresas de refrigeração, esterilização e equipamentos de cozinha. Todos seriam fechados com valores pouco abaixo de R$ 8.000 - que é o limite máximo para dispensa de licitação.

Denúncias são "ridículas", diz diretora
A diretora do Hospital, Rosimeire Rodrigues, afirmou que as queixas são "ridículas". Ela alega que as denúncias têm cunho eleitoral - já que a Uncisal elege novo reitor no próximo dia 31. Rodrigues apóia declaradamente uma das chapas concorrentes.

"Acho ridículo que a outra chapa condene que os pacientes com dependências físicas e mentais severas tomem banho numa banheira de inox. É uma exigência do Ministério da Saúde", afirmou a diretora ao jornal "Gazeta de Alagoas". Ela explica ainda que, antes da aquisição, os doentes tomavam banho em tábuas de madeira.

Sobre a serra elétrica, Rodrigues justificou que o equipamento é necessário para podar as árvores do terreno do hospital. "Temos 4.500 m² de área livre e jardins. Precisamos cuidar das nossas plantas", afirmou.

Segundo a diretora, os lampiões foram comprados para utilização em caso de falta de energia elétrica. Rodrigues confirmou também o fracionamento de gastos e as compras sem licitação atribuindo a prática ao "excesso de burocracia e a desorganização" do Estado. "Enviei vários ofícios solicitando licitação, mas a gente simplesmente não conseguia. Quando precisa de material, faço a pesquisa e compro", disse.

Reitor vai esperar resultado
Em contato com o UOL Notícias, o reitor da Uncisal, André Falcão, não quis entrar em detalhes sobre as denúncias e afirmou que só deve se pronunciar após a conclusão da sindicância - que deve acontecer em 30 dias.

Falcão fez questão de ressaltar que, por viver um momento eleitoral, a Uncisal está mantendo as informações em "máximo sigilo". "Nós estamos tratando esse relatório com a maior maturidade possível. Mas é importante dizer que se trata de uma sindicância, e não de um processo administrativo. Temos apenas ainda denúncias. Precisamos ter muito cuidado para não dá margem a outras interpretações", afirma.

O atual reitor não disputa a reeleição e diz que não apóia nenhuma das duas chapas concorrentes. "São candidaturas independentes", segundo Falcão. Assim como acontece na Uncisal, a direção do Hospital Portugal Ramalho é eleita pelos funcionários do local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos