Após causar tumulto por ciúmes, Justiça do Rio impede homem de entrar em restaurante

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que um homem seja impedido de entrar em um restaurante da rede Outback Steakhouse, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, depois que o mesmo provocou um tumulto por desconfiar que sua esposa - garçonete do local - tinha um caso com o gerente. Se o homem retornar ao local pode pagar multa de R$ 5.000.

O marido agrediu funcionários e quebrou objetos do restaurante. A 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio acolheu voto da relatora, desembargadora Marilene Melo Alves, que entendeu que o homem coloca em risco a integridade dos clientes. O pedido tinha sido foi julgado improcedente na 1ª instância, mas o restaurante recorreu e conseguiu a reforma da sentença.

A desembargadora afirmou que a legislação brasileira "impõe ao empresário a promoção de todas as medidas tendentes a assegurar a integridade física dos empregados e dos frequentadores da sua casa e, por isso, ele tem legitimidade para impedir o ingresso de quem representa risco para o desenvolvimento de suas atividades comerciais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos