Polícia do Rio prende dez acusados de integrar milícia

Marcelle Ribeiro
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 17h54

Policiais civis do Rio de Janeiro prenderam, nesta quinta-feira, dez pessoas acusadas de integrar uma milícia (grupo paramilitar que cobra taxas da população por serviços como segurança) em operação realizada em Nova Iguaçu, Queimados e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e também em bairros da zona oeste da capital fluminense, como Bangu e Campo Grande. Segundo o delegado Cláudio Ferraz, nove dos acusados são policiais militares.

O grupo é acusado de ter assassinado uma centena de pessoas entre 2006 e 2009 na Baixada Fluminense, principalmente líderes comunitários contrários à milícia e testemunhas. Os milicianos atuavam principalmente nas cidades de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, São João de Meriti e Queimados.

Um dos presos é o policial militar Juraci Alves Prudêncio. Conhecido como Jura, o PM estava afastado da corporação, mas, de acordo com a polícia, comandava a milícia.

"Os milicianos que prendemos são de uma milícia conhecida como 'Bonde do Jura'. Acreditamos que eles podem ter ligação com a 'Liga da Justiça'", afirmou o delegado Cláudio Ferraz. A "Liga da Justiça" é um grupo paralimitar com grande atuação na zona oeste do Rio de Janeiro, acusado de diversos crimes, entre eles assassinatos. A polícia acredita que o "Bonde do Jura" recebeu abrigo para foragidos, apoio político e armas emprestadas da "Liga da Justiça".

A Polícia Civil informou ainda que o "Bonde do Jura" havia ameaçado de morte um delegado da Polícia Federal e também matou integrantes de outras milícias que se negaram a integrar o "Bonde".

Os presos não resistiram à prisão. Com eles, a polícia apreendeu uma arma com o número de identificação raspado. Cerca de 70 policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), com apoio da 58ª DP (Posse) e da Corregedoria da Polícia Militar participaram da ação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos