TJ suspende liminar que paralisava projeto do Expresso Aeroporto em Guarulhos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo concedeu liminar que permite que a implementação do projeto Expresso Aeroporto, linha de trem sem paradas entre a Estação da Luz, no centro de São Paulo, e o aeroporto internacional de Guarulhos (Grande SP).

No dia 30/7, a 1ª Vara Cível da Comarca de Guarulhos havia suspendido a licença ambiental concedida pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente e pedido reparos no estudo no relatório do EIA/RIMA sobre seu impacto.

O desembargador Samuel Junior, da 1ª Câmara Especial do Meio Ambiente do TJ/SP, justificou a nova liminar dizendo que a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) "cuidou de fazer intenso e profundo estudo dos impactos ambientais" e as alegações usadas na decisão anterior "não justificam, pelo menos por ora, a suspensão da licença".

A obra
O Expresso Aeroporto (linha 14-Onix), avaliado em R$ 2 bilhões, será implantado pela CPTM e faz parte do pacote urbanístico previsto para a Copa de 2014.

A viagem pela linha expressa tem tempo estimado de cerca de 20 minutos. Hoje, o trajeto entre a Estação da Luz e o Aeroporto de Guarulhos demora cerca de 40 minutos de carro (sem trânsito).

Quem vencer a licitação, já em andamento, terá de participar da construção de uma outra linha de trem paralela à do Expresso, a linha 13-Jade, que vai ligar os moradores de Guarulhos à Estação da Luz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos