Guardas civis em greve têm audiência de conciliação em São Paulo amanhã

Elaine Patricia Cruz
Da Agência Brasil
Em São Paulo

A Guarda Civil Metropolitana de São Paulo continua em greve, para reivindicar valorização profissional e melhores condições de trabalho. Segundo Nilson da Silva Rosa, secretário de Formação do Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos da Cidade de São Paulo, os rumos da mobilização podem mudar amanhã (1º) à tarde, quando a categoria participará de uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

"Esperamos que finalmente a administração pública ofereça a valorização profissional traduzida em números", afirmou Rosa à Agência Brasil. Os mais de 6 mil guardas civis de São Paulo pedem reajuste de cerca de 80% sobre o regime especial do trabalho policial. O objetivo é que o salário inicial suba de R$ 855 para R$ 1,3 mil.

A greve começou na última terça-feira (25). Segundo Rosa, a categoria está obedecendo à determinação da Justiça e mantém 50% do efetivo trabalhando em situações emergenciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos