Número de casos graves de gripe suína cai no país, diz ministério

Do UOL Notícias Em São Paulo

Segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (2) pelo Ministério da Saúde, o número de casos graves da influenza A (H1N1), conhecida como gripe suína, caiu pela terceira semana consecutiva no país.

De 23 a 29 de agosto, foram registrados 151 casos. De 16 a 22 de agosto, houve 639 notificações. E de 9 a 15 de agosto, foram 1.165 registros. Até o momento, são 657 óbitos por influenza A no Brasil - o Estado com o maior número de mortes é São Paulo, com 261 casos.

Segundo o ministério, entre 25 de abril e 29 de agosto foram registrados, ao todo, 7.569 casos graves com confirmação laboratorial para algum tipo de influenza, sendo 6.592 (87,1%) positivos para o novo vírus A.

Um total de 2.933 mulheres em idade fértil (15 a 49 anos) tiveram resultado positivo para o novo vírus e desenvolveram a forma grave da doença. Destas, 620 mulheres estavam grávidas. Entre as gestantes, 63 morreram.

No comparativo com os 15 países com maior número de mortes, o Brasil tem a 6ª taxa de mortalidade, que representa o percentual de óbitos em relação à população de cada país. Em relação aos números absolutos, entretanto, o Brasil ainda ocupa a primeira posição no número de mortos. Em segundo lugar estão os EUA (556) e, em terceiro, a Argentina (465).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos