Primeira morte por gripe suína em Roraima é de uma adolescente grávida

Amanda Mota Da Agência Brasil Em Manaus

Uma adolescente de 17 anos, grávida de sete meses, é a primeira pessoa a morrer por influenza A (H1N1) em Roraima, confirmou hoje (3) a Secretaria de Saúde. O caso está sob investigação das autoridades sanitárias. Por enquanto, a suspeita é que ela tenha contraído o vírus influenza A (H1N1) de uma pessoa que esteve na Venezuela.


"Ela faleceu na manhã do dia 21 de agosto, no Hospital Geral de Roraima, diagnosticada com pneumonia bacteriana, agravada pelo vírus Influenza (H1N1)", informou o médico infectologista Alexandre Salomão.

No dia 17 de agosto, a paciente deu entrada no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, em Boa Vista, para uma consulta de pré-natal. Mas, como apresentava um quadro de febre, tosse, dores no corpo e palidez, foi internada e, em seguida, transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Roraima, onde ela e bebê morreram.

A Secretaria de Saúde garantiu que o bebê também estava sendo examinado junto com a mãe. Ainda assim, não havia indicação para fazer a cesariana porque os exames de hemograma identificaram que a mãe poderia sofrer uma hemorragia e morrer, caso a cesariana fosse realizada.

Segundo Salomão, a jovem nasceu na Guiana Inglesa, mas morava em Boa Vista. As análises iniciais sobre a causa da morte não apontaram a presença do vírus Influenza (H1N1). Um segundo exame, no entanto, confirmou a suspeita.

Até o momento, o Estado de Roraima contabiliza oito casos confirmados da doença.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos