Lula e Sarkozy destacam transferência de tecnologia na compra de aviões franceses

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília

Os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da França, Nicolas Sarkozy, falaram nesta segunda-feira (7) sobre o acordo para compra de 36 aviões Rafale, da francesa Dassault. Sem dar detalhes sobre a transação, por ainda não ter conversado com o ministro Nelson Jobim (Defesa), Lula disse que "no fundo, no fundo, o Brasil quer comprar um avião que terá para nós a garantia do uso total desse avião com transferência de tecnologia".

O presidente da República afirmou que terá um encontro com o ministro Jobim esta semana, para tratar dos detalhes do acordo. Por enquanto, limitou-se a repetir o que está no comunicado conjunto divulgado pouco antes da entrevista coletiva.

"O que tem é o que está na nota. Eu anunciei que o Brasil tomou a decisão de entrar em negociações com o GIE para a aquisição de 36 Rafales. É isso que estamos negociando agora com o meu ministro da Defesa e o ministro da Defesa da França", disse.

Sarkozy também destacou a transferência de tecnologia para o Brasil, no caso do Rafale, e ainda na provável compra da aeronave de transporte militar KC-390, da Embraer.

"Estamos extremamente interessados. Estou anunciando a intenção de princípio de comprar aviões brasileiros para substituir o C-130 de origem americana. Não apenas desejamos comprá-los, mas começamos as discussões para nos associar à construção desses aviões numa verdadeira troca como fazemos da mesma forma com o Rafale", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos