Chuva em SP é recorde para mês de setembro

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A estação-base do Alto Tietê, responsável pela coleta dos índices pluviométricos das outras estações da Grande São Paulo, registrou nesta terça-feira (8) o maior índice para um mês de setembro desde 1984: 70,4 mm em Cabuçu de Cima, em Guarulhos.
  • Rivaldo Gomes/Folha Imagem

    Imagem mostra amanhecer com nuvens escuras no céu na zona sul de São Paulo. Chuva forte deixa a cidade inteira em estado de atenção nesta manhã



O recorde anterior no mês havia sido registrado em 20 de setembro de 1984, quando o índice pluviométrico chegou a 62,6 mm. Na comparação com outros meses, o recordo foi em 29 de março de 2006, quando o índice chegou 73,3 mm.

A forte chuva que cai sobre São Paulo desde a manhã de hoje também elevou o nível pluviométrico de outras regiões, como em Riacho Grande (67,8 mm), Barragem da Penha no rio Tietê (66,8 mm), Tremembé (51,2 mm), Ribeirão dos Meninos (50,2 mm), Santo Amaro (47,5 mm), M'Boi Mirim (40,8 mm) e Itaim Paulista (40,5 mm).

Toda a cidade de São Paulo está em estado de atenção desde as 8h05, informa o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

Os dois principais aeroportos paulistas operam com o auxílio de instrumentos - quando o piloto necessita da ajuda de equipamentos para alinhar a aeronave com a pista - em razão do mau tempo.

De acordo com a Somar Meteorologia, uma intensa frente fria avança pelo Sudeste e é responsável pelos temporais no centro e sul do Estado de São Paulo.

Até o fim do dia, os temporais se espalham por todo o Estado de São Paulo, sul do Rio de Janeiro e centro e oeste de Minas Gerais.

Nas demais localidades do Sudeste o tempo ainda segue seco e ensolarado. Mesmo com as chuvas fortes em parte da região, faz muito calor, com máxima de mais de 32°C no noroeste de São Paulo e oeste de Minas Gerais e mais de 30°C no Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Amanhã, a frente fria deverá provocar temporais e diminuição do calor em São Paulo e oeste de Minas Gerais, com máxima em torno dos 24°C no sul de São Paulo. Por outro lado, os termômetros ultrapassam os 32°C no noroeste e oeste paulista e chega a 30°C no Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Na quinta-feira a frente fria mantém as chuvas fortes e generalizadas em São Paulo e oeste de Minas Gerais, com acumulado de até 50mm no centro paulista. O calor diminui ainda mais e a máxima não passa dos 22°C no sul de São Paulo e dos 26°C no centro e sul de Minas Gerais. Por outro lado, o sol predomina e as temperaturas ficam elevadas no Rio de Janeiro, Espírito Santo e em boa parte de Minas Gerais.

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, na sexta-feira, retorna uma condição de tempo seco e ensolarado para boa parte do Sudeste e a tendência é que até a quarta-feira da próxima semana (16), o tempo fique seco e quente em boa parte da Região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos