Chuva continua, e Defesa Civil alerta para transbordamentos de rios em SC

Fabiana Uchinaka
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 11h05

O nível dos rios de algumas cidades de Santa Catarina atingidas pelas fortes chuvas que caem na região desde segunda-feira (7) está muito alto e há um alerta da Defesa Civil Estadual para possíveis transbordamentos. A situação mais crítica é em Araranguá, município litorâneo do extremo sul.
  • Enio Frasseto/Prefeitura de Araranguá

    O nível do rio Araranguá, na cidade de mesmo nome, está muito alto e há risco de transbordamento. O município fica no litoral do extremo sul de SC, onde não para de chover



De acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri/Ciram), na manhã desta sexta-feira (11) o nível do rio da cidade de Timbó, a 30 km de Blumenau, marcava 5,6 m, sendo que o alerta é acionado acima de 5 m. Ontem, o nível chegou a 6,51 m.

Em Taió, no Vale do Itajaí, o rio também já atingiu o nível de alerta, de 4 m, e estava com 5,89 m. Na segunda-feira, quando começaram as chuvas, o nível marcava apenas 1,11 m.

As cidades de Brusque, Itajaí e Blumenau podem entrar em nível de alerta se as chuvas aumentarem.

A Epagri/Ciram lançou um alerta na quinta-feira para riscos de alagamentos e deslizamentos de terra em Santa Catarina nos próximos dias.

Segundo a meteorologista Marilene de Lima, a chuva diminuiu, mas continua caindo na região. A previsão é de que os temporais fiquem mais intensos à tarde, especialmente nas áreas baixas do litoral sul, onde fica Araranguá.

De acordo com a Defesa Civil Estadual, a previsão é de que o volume de chuva se aproxime de 150mm, com alagamentos, até o domingo na região.
  • Diego Redel/Diário Catarinense/Ag.RBS

    A falta de energia elétrica, causada pelos temporais, fez com que produção de leite em Guaraciaba (SC) fosse descartada. Depois do prejuízo, muitos pensam em abandonar a agropecuária. As vítimas temem ainda saques
    nas casas danificadas



Chuva afeta mais de 270 mil no Sul
Os temporais, vendavais e tornados que atingiram a região Sul do país afetaram mais de 270 mil pessoas em 159 municípios, segundo os balanços de hoje das Defesas Civis Estaduais. Até o momento, há mais de 24 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas em Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. São 200 feridos nos três Estados.

Santa Catarina, por onde passaram três tornados nas cidades de Guaraciaba, Santa Cecília e Salto Veloso, ainda é o Estado mais atingido pelas intempéries, com 172 feridos e quatro mortes.

Segundo a Defesa Civil Estadual, em relatório divulgado pela manhã, 69 cidades foram atingidas e 104.639 pessoas foram afetadas pelos temporais, sendo que há 1.524 desabrigados, 16.593 desalojados e 286 deslocados no Estado. Ao todo, 18.403 deixaram suas casas e 18.654 edificações sofreram algum dano.

Em visita aos locais atingidos pelos tornados no extremo-oeste ontem, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), anunciou a liberação, em caráter emergencial,
R$ 2 milhões para os municípios atingidos
. De acordo com o governador, o governo federal se comprometeu ainda a repassar pelo menos R$ 20 milhões para o socorro e a reestruturação das áreas afetadas por chuvas, vendavais e tornados.

No Rio Grande do Sul, o mau tempo já afetou 32 municípios e deixou 11 feridos. Nove cidades decretaram situação de emergência: Frederico Westphalen, Itaara, Victor Graeff, Ibiruba, Porto Chavier, Santa Maria, Lavras do Sul, Seberi e Ibirapuitã.

De acordo com a Defesa Civil Estadual, 150 mil pessoas foram afetadas, sendo que 1.573 estão desabrigadas e 2.010 desalojadas. Foram destruídas 65 residências e 4.330 casas sofreram alguma avaria.

Já no Paraná, a chuva causou estragos em 59 municípios e deixou 17 feridos. Ao todo, 15.947 pessoas foram afetadas no Estado, sendo que 2.037 estão desalojadas e, em quatro cidades - Campo Largo, Santo Antônio do Sudoeste, Prudentópolis e Imbituva -, 113 pessoas estão desabrigadas.

Cidades atingidas por vendavais e tempestades em Santa Catarina

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos