Defesa Civil de SC envia projeto para reconstrução de 71 cidades atingidas por temporais

Luiz Nunes
Especial para o UOL Notícias
Em Florianópolis

  • Diego Redel/Diário Catarinense/Ag.RBS

    A falta de energia elétrica, causada pelos temporais, fez com que produção de leite em Guaraciaba (SC) fosse descartada. Depois do prejuízo, muitos pensam em abandonar a agropecuária. As vítimas temem ainda saques
    nas casas danificadas

A Defesa Civil de Santa Catarina enviou há pouco o plano de trabalho ao Ministério da Integração Nacional, com o pedido de R$ 26 milhões para o socorro e o atendimento aos 71 municípios que sofreram com temporais e tornados esta semana no Estado. O número de cidades atingidas foi atualizado na tarde desta sexta-feira (11). O documento foi dividido em três categorias: materiais de construção, alimentação e contratação de serviços.

O coordenador da Defesa Civil não quis adiantar o valor empregado em cada categoria. "O governador ainda não assinou o plano e ele pode ser alterado", explica o major Márcio Luiz Alves. Segundo ele, a maior parte ficará comprometida com a aquisição de materiais de construção, como telhas, areia, cimento e tijolo.

O pedido foi enviado por e-mail e deve ser entregue oficialmente apenas segunda-feira. Na categoria "serviço de pessoa jurídica", a ideia é contratar técnicos e alugar equipamentos para retirada de entulho, limpeza e reconstrução dos locais afetados.

No Estado, 104.236 pessoas foram afetadas pelos temporais. Dessas, 1.524 estão desabrigadas. O município de Guaraciaba é o que registra o maior número de pessoas que perderam moradia: 250. Rio do Campo tem 200 e Água Doce, 180 desabrigados. Em Barra Velha, no litoral norte, há 2.051 casas e estabelecimentos danificados. Em Abelardo Luz, 2.012 edificações sofreram abalos.

Cidades atingidas por vendavais e tempestades em Santa Catarina


Temporais afetam mais de 270 mil no Sul

As chuvas, vendavais e tornados que atingiram a região Sul do país afetaram mais de 270 mil pessoas em 159 municípios de SC, RS e PR, segundo os balanços de hoje das Defesas Civis Estaduais

Perigo no mar
A Defesa Civil está divulgando alerta para o uso de embarcações e a prática de esportes no mar. Segundo a previsão, as ondas podem chegar a 3,5 metros no litoral sul e a 3 metros no restante do litoral.

Estradas
Quem trafegar pelo sul de Santa Catarina via BR-101 deve tomar cuidado ao cruzar pelo vale de Araranguá. O alerta é do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT) e da Polícia Rodoviária Federal. No trecho compreendido entre os km 404 e 412, perto do município de Maracajá, há risco de inundação na pista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos